Como fruto de um extenso processo de reflexões e discussões acerca do papel do profissional da Auditoria no âmbito do TCM, o SINDILEX publica documento norteador que trata do papel dos Agentes de Fiscalização, que exercem a função de Auditores do Controle Externo no Município de São Paulo.

Esse documento tem como base toda a legislação, as normas que regulamentam a atividade dos Auditores, as recomendações da FENASTC sobre a “Carreira de Auditoria de Controle Externo”, apresentando também alguns diagnósticos acerca das circunstâncias de trabalho enfrentadas tanto nas áreas auditadas quanto no próprio TCM.

São enfatizados vários aspectos relevantes, como a necessária independência profissional dos membros dessa carreira, assegurada nas normas de Auditoria Governamental. É apresentado também um panorama da situação atual no TCM, que se mostra preocupante, dada o número cada vez menor de Auditores, frente ao crescimento constante do Orçamento da Prefeitura de São Paulo.

A ideia geral do documento é enfatizar a importância da Auditoria Governamental e sua relevância para o controle das atividades públicas, ou seja, trata-se de uma atividade profissional indispensável, dentro de um modelo democrático de governança.

Dessa forma, o SINDILEX procura contribuir para dar visibilidade a essa importante carreira profissional, ao mesmo tempo em que demonstra sua preocupação com diversas circunstâncias que têm um impacto negativo sobre o desempenho dos Auditores do TCM.

Confira documento: