De tempos em tempos, o Brasil passa por fortes ameaças da extinção de direitos que foram constituídos, sob duras penas, no século passado. Episódios de repressão e forte censura nos aspectos políticos, sociais e culturais, ainda eternizados na história do país, ressurgem nos dias atuais de maneira preocupante, na tentativa de desmontar do Estado Democrático de Direito. Atos de violência contra pessoas que defendem nossos direitos fundamentais são, infelizmente, frequentes na sociedade.

Hoje o Brasil amanheceu repleto de consagrações à vereadora do Rio de Janeiro, Marielle Franco (PSOL), morta em 14 de março de 2018 com o motorista Anderson Gomes, no centro da capital carioca. Mais um crime que carregamos, com muita tristeza, na história do país. Os motivos que levaram a execução da parlamentar ainda não foram esclarecidos pela polícia. A dois dias de completar um ano do assassinato, um PM reformado e um ex-PM foram presos acusados de serem os assassinos. Mas a pergunta “Quem mandou matar Marielle?”, ainda persiste e segue sem resposta.

A meia noite de hoje, 14 de março de 2019, o PSOL colocou no ar o site Florescer Por Marielle (www.florescerpormarielle.com.br), como forma de homenagem à mulher, negra e pobre que lutou, até o último dia de sua vida, em defesa da democracia. A página apresenta as ilustrações, grafites, cartazes, fotos e tatuagens feitas ao redor do mundo com o rosto da vereadora e frases que remetem a indignação do crime.

Uma linha do tempo com todos os atos pelo Brasil cobrando justiça pela morte de Marielle e Anderson está disponível na página. A trajetória da vereadora e do motorista é símbolo de uma incansável batalha pelos direitos humanos e por uma sociedade mais justa e igualitária.

Não podemos ficar imobilizados diante de violências ao direito das pessoas. É preciso liberdade, e acima de tudo, respeito para que todos possam se posicionar democraticamente e consigam construir um Estado de Exceção. Marielle, Presente!

Deixar um comentário.

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar estas tags HTML e atributos : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

limparEnviar