No dia 6 de junho, última segunda-feira, foi realizada a 69ª reunião da Comissão Paritária de Negociação Permanente que discutiu, entre outros temas, a pauta da reunião com a presidência da Câmara Municipal de São Paulo, que acontecerá no dia 13 de junho.

Ficou deliberado pela Comissão que as minutas dos projetos de lei referentes ao auxílio-saúde e ao auxílio-alimentação serão priorizadas durante a reunião com a presidência, além da cobrança de uma resposta sobre a minuta que aborda a diminuição do tempo de evolução dos funcionários da CMSP e do TCMSP, protocolada pelo Sindilex em março deste ano.

A Comissão também começará a preparar um estudo para elaboração de uma minuta solicitando o auxílio-creche para filhos de funcionários de 0 a 5 anos e 11 meses do TCMSP e de 3 a 5 anos e 11 meses da CMSP (a Câmara já oferece o benefício para crianças de 0 a 3 anos).

IMG_7836

Outro ponto decidido foi a volta do pleito referente à diferença de 2,85% no reajuste salarial relativa ao quadrimestral de março-julho de 1997 (com decisão favorável em Acórdão do Tribunal de Contas do Município), para compor a pauta de reivindicações do Sindilex. Além disso, o Sindicato anunciou que, sobre o reajuste de 10,36% para os funcionários do TCM ainda não aprovado pela Câmara Municipal, irá elaborar uma carta aberta a todos os vereadores explicando as diferenças entre o projeto do reajuste e o do teto e também solicitando a aprovação do PL 98/2016.

A próxima reunião ordinária da Comissão Paritária de Negociação Permanente está agendada para o dia 11 de julho.