Na tarde desta terça-feira, 27 de março, a diretoria do Sindilex e diversos servidores da categoria do CMSP e do TCMSP, participaram da manifestação contra o Projeto de Lei 621/216 que aconteceu em frente à Câmara dos Vereadores de São Paulo. O ato foi organizado por entidades representativas de servidores municipais e contou com a presença de milhares de funcionários públicos das mais variadas categorias.

De portões fechados, a Câmara instalou um telão e caixas de som do lado de fora do prédio e exibiu a Sessão Plenária ao vivo. Os servidores puderam ouvir os discursos dos parlamentares a respeito do Projeto.

Representando do Sindilex, Sônia falou no caminhão de som. “O prefeito foi pra mídia e disse que tinha 28 votos favoráveis ao Projeto, mas nós servidores temos 100 mil na rua”. A líder sindical também comentou a respeito do debate que participou na TV Câmara com o secretário municipal da Fazenda, Caio Megale, e o vereador e relator do PL, Caio Miranda (PSB), minutos antes de chegar à manifestação. “Eu questionei ele [Megale] de onde vêm esses números do déficit previdenciário, e ele não respondeu”, contou.

p4

p2

p3

Deixar um comentário.

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar estas tags HTML e atributos : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

limparEnviar