SINDILEX participa de Congresso da FENASTC no Paraná, em defesa da Previdência

No último final de semana, a Federação Nacional das Entidades dos Servidores dos Tribunais de Contas do Brasil (FENASTC) em parceria com o Sindicato dos Servidores do Tribunal de Contas do Estado do Paraná (Sindicontas/PR) promoveu um congresso extraordinário em defesa da Previdência.

O evento teve a finalidade de examinar a crise econômica e responder à crise de moralidade pública e teve como eixo central, cinco temas que foram discutidos ao longo de dois dias de evento: 1 – Análise das Propostas de Emendas Constitucionais em tramitação no Congresso Nacional que tratam de Tribunais de Contas; 2 – Campanha Nacional em defesa da Independência da Função de Auditoria; 3 – Formulação de políticas de atuação frente ao teto de gastos (EC 95) e (contra) a reforma da previdência; 4 – Organização dos Servidores; 5 – Definição sobre o movimento #mudatc e campanha Ministro/Conselheiro Cidadão.

Marcos Alcyr Brito de Oliveira, presidente do SINDILEX e vice-presidente nacional da FENASTC esteve presente ao evento. Marcos Alcyr avaliou o congresso como positivo e destacou o documento lançado ao final – a Carta de Curitiba – que reproduzimos abaixo. “Das discussões realizadas no Congresso Extraordinário da FENASTC destacamos pontos importantes consubstanciados na Carta de Curitiba, em especial medidas que propiciam a transparência e a credibilidade dos relatórios de auditoria e a valorização da função de auditoria”, ponderou.

Confira a íntegra da Carta de Curitiba do Congresso Extraordinário da FENASTC
https://goo.gl/zz4dwF

ASCOM SINDILEX com informações da FENASTC