SINDILEX participa de manifestação contra a Reforma da Previdência municipal

Representantes de servidores públicos municipais lotaram o Auditório Freitas Nobre, a área externa da Câmara Municipal, para protestar contra o Projeto de Lei 621/2016, que trata da reforma da Previdência dos servidores municipais.

O Sindilex esteve representado por seu presidente Marcos Alcyr Brito de Oliveira e por sua vice-presidente Sônia Alves. Enquanto Marcos se dirigiu com outros diretores de entidades sindicais e associativas para a galeria do Plenário 1º de Maio, Sônia Alves, em discurso ao microfone, alertou para o perigo da aprovação da Reforma da Previdência tal como consta na proposta e conclamou os servidores da Câmara para se unirem aos demais servidores municipais, a fim de impedir a aprovação desse “projeto nefasto” se almejam ter aposentadoria digna no futuro.

O ato foi convocado pelo Fórum das Entidades Sindicais e contou também com a participação do deputado estadual Carlos Giannazi e dos vereadores Toninho Vêspoli e Sâmia Bomfim, todos do PSOL.

A maioria dos manifestantes falou da importância do ato e convocou os servidores para que continuem na luta e participem das manifestações que ocorrerão. Mesmo com a possibilidade da não votação da PEC 287, que trata da Reforma da Previdência em âmbito nacional, o projeto da prefeitura continua tramitando normalmente e é mais agressivo ao impor cobranças de até 19% de “contribuição”.

image (1)

Foto 1. – Hélio Freire (SINDAF/AAFIT), Deputado Estadual Carlos Giannazi, Cássio Vieira (FASP-PMSP) e Marcos Alcyr (SINDILEX)
Foto 2. – Deputado Carlos Giannazi e Sônia Alves