O Sindilex orientou os trabalhadores afetados pela proposta de aposentadoria compulsória, apresentada pela direção da Câmara Municipal, a não atender convocação para formalizar seu desligamento funcional previsto para esta quinta-feira (16.02), conforme documento encaminhado aos funcionários e à entidade. Essa decisão foi comunicada oficialmente à Secretaria Geral Administrativa no final da tarde de ontem (15.02).

A aplicabilidade da regra de aposentadoria compulsória está em análise no Tribunal de Justiça em função de mandado de segurança apresentado pelo Sindilex no último dia 31 de janeiro. O Sindicato ressalta, ainda, que a decisão dos magistrados foi postergada após a Procuradoria da Câmara encaminhar um recurso ao processo de forma prematura; ou seja, antes que a Justiça tivesse julgado o pedido dos trabalhadores. O processo, portanto, encontra-se “sub judice”, o que invalida qualquer ato administrativo até a decisão final do TJ.

A posição do Sindicato e dos servidores foi destaque na mídia nacional, ganhando espaço nos principais portais de notícias. Confira abaixo a repercussão:

Blog Por dentro da Metrópole (Estadão)

http://sao-paulo.estadao.com.br/blogs/por- dentro-da- metropole/servidores-da- camara-de-sp-se- recusam-a- assinar-aposentadoria- forcada/

Site Istoé

http://istoe.com.br/servidores-da-camara-de-sp-se-recusam-a-assinar-aposentadoria-forcada/?utm_source=terra&utm_medium=home&utm_campaign=parceiro

Site Exame

http://exame.abril.com.br/brasil/servidores-da-camara-de-sp-se-recusam-a- assinar-aposentadoria/

Site Veja

http://veja.abril.com.br/brasil/servidores-da-camara-de-sp-recusa-aposentadoria-forcada/

Uol

https://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/agencia-estado/2017/01/31/sindicato-aciona-justica-contra-aposentadoria-forcada-na-camara.htm

Istoé Dinheiro

http://www.istoedinheiro.com.br/servidores-da-camara-de-sp-se-recusam-a- assinar-aposentadoria-forcada/

Verdades S/A

https://www.verdadesa.com.br/servidores-da-camara-de-sp-se-recusam-a- assinar-aposentadoria-forcada/